Arquivos do Blog

CataguasesViva realizará Simpósio de Economia na cidade

seepmecO site CataguasesViva realizará no mês de agosto o I Simpósio Estudantil e Empresarial de Pequenas Empresas e Cidades – Seepmec – voltado para o micro e pequeno empreendedor e para estudantes de Administração, Ciências Contábeis e Economia.

Segundo Geraldo Filho, responsável pelo site e coordenador do Seepmec, o simpósio pretende ser um movimento que reunirá estudantes das áreas afins à administração pública e privada bem como os microempreendedores, proprietários de pequenas e médias empresas e gestores públicos para que possam discutir as alternativas para seus negócios.

Indo ao encontro da proposta do Sebrae no ano de 2013, que é dar apoio irrestrito a essa parcela de empresários que corresponde a uma fatia considerável deste segmento de mercado. As inscrições para o evento começam em março.

Anúncios

Dê um sonho de presente nesse Natal

Imagem

Novamente juntos em prol de um projeto cujo único objetivo é promover o bem em Cataguases, o CataguasesViva, em parceria com a Agência Mezzo, lança a campanha “Dê um sonho de presente nesse Natal”, organizada por Geraldo Filho.

A campanha terá como foco dar um Natal diferente para crianças da Casa da Criança de Cataguases, mas não com as tradicionais “cestas básicas” que, embora, sejam de grande valia para muitas famílias não suprem o desejo natalino dessas crianças que, como todos nós, sonham com um dia diferente nesta época do ano.

E às crianças da Casa da Criança serão doados brinquedos, doces e livros, além de uma tarde de diversão com atividades lúdicas, contação de histórias e, com certeza, inesquecíveis.

Para participar é muito simples: doe um brinquedo, um livro infanto-juvenil ou um panetone em um de nossos postos de arrecadação (Agência Mezzo ou Colégio Equipe). A campanha conta com o apoio do Proler, Bazar Rene, Colégio Equipe, Energisa e Livraria Cultura.

Faça o Natal de uma criança diferente esse ano. Ajude e dê um sonho de presente nesse Natal.

Mostra fotográfica “Cataguases em 2 tempos”

Projeto Art Museu. No Paço Municipal (Prefeitura de Cataguases – Praça Santa Rita, 462, Centro). Abertura dia 17/11, às 9h. Realização: Museu de Belas Artes de Cataguases e Ministério da Cultura. Patrocínio: Cia. Industrial Cataguases, Lei de Incentivo à Cultura. Apoio: Instituto Francisca de Souza Peixoto e Prefeitura Municipal de Cataguases.

Otávio Jr, “O livreiro do Alemão”, dá grandes contribuições para Cataguases

O escritor Otávio Jr, nascido no Complexo da Penha e que ficou conhecido com “O livreiro do Alemão”, marcou sua participação no FELICA 2011 sobretudo por suas atuações extraoficiais durante sua estada em Cataguases.

Após seu encontro com crianças de escolas públicas, Otávio, não satisfeito, decidiu ir até à Escola Municipal Prefeito José Esteves, no Bairro Leonardo, para fazer uma visita surpresa a alunos e professores daquele local. E de fato foi uma grande surpresa. Professores pediram ao Otávio e Geraldo Filho, idealizador e curador literário do FELICA, que olhem com mais carinho e atenção para a escola.

Sensibilizado com a forma com a qual foi recebido por todos, em especial, as crianças, Otávio, nitidamente emocionado, prometeu que, de sua parte, não será sua última visita à escola e que espera em breve voltar.

Confira outras fotos de Otávio Jr. no FELICA 2011.

O FELICA conta com o patrocínio da Lei Municipal Ascânio Lopes.

Roseana Murray fala para mais de 100 crianças no FELICA

Na tarde desta quinta-feira, 10, segundo dia do FELICA, mais de 100 crianças assistiram à apresentação da escritora infanto-juvenil Roseana Murray, na Biblioteca Municipal Ascânio Lopes. Entre estudantes de escolas públicas, particulares e de projetos sociais, Roseana falou durante cerca de 1h30min sobre seus livros, a importância da leitura e atendeu a todos com muita atenção e carinho.

A importância da obra de Roseana Murray é tão grande que atraiu o interesse de um grupo de estudantes de Pedagogia e da mídia televisiva. Confira algumas fotos aqui.

O FELICA conta com o patrocínio da Lei Municipal Ascânio Lopes.

FELICA – 2011

É na próxima semana a terceira edição do FELICA. Não perca.

CAIPIRAÇÃO: Show de humor

Entrevista com a escritora Ana Paula Maia

fofo: Marcelo Correa

A escritora Ana Paula Maia, que estará na 3ª edição do FELICA, no dia 12 de novembro, na mesa Criar, recriar ou retratar: os artífices da ficção atual, ao lado do escritor Elias Fajardo, natural de Tebas, distrito de Leopoldina, na Casa de Cultura Simão, concedeu uma entrevista para o CataguasesViva apresentando um pouco mais de seu trabalho e de sua afinidade com Minas.

1) Você já havia lançado “O habitante das falhas subterrâneas”, em 2003, mas acredita que sua participação na antologia 25 mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira, organizada por Luiz Ruffato, tenha alavancado ou solidificado sua condição como prosadora? Como é sua relação com o também cataguasense Ruffato?

APM – Quando o Ruffato me convidou para participar desta antologia eu havia acabado de lançar o meu primeiro romance, “O habitante…” Foi a primeira antologia de contos da qual participei e foi sim muito importante para o meu ingresso no cenário literário. A antologia não alavancou a minha carreira, mas foi um ponto muito positivo. Eu tive uma longa estrada para continuar e me firmar na carreira de escritora.

2)Você uma vez disse que é mineiríssima, por ter vários parentes aqui em Minas, e antes de estar em Cataguases participará no Felit (evento em São João del Rei), as paisagens interioranas fazem parte de alguma narrativa sua? Qual sua impressão de Cataguases?

APM – Estive rapidamente em Cataguases, por conta de uma visita a um tio avô que morava na cidade, vi muito pouco do lugar e desta vez, espero conhecer mais. Meus livros avançam cada vez mais para paisagens interioranas, é como se eu estivesse vivendo um êxodo urbano na minha literatura.

 3)    Como foram os processos de criação de suas obras?

APM – O processo de criação de cada livro foi diferente entre si, porém, os meus dois últimos livros, que consiste em três histórias que formam a trilogia “A saga dos brutos”, foi um projeto que teve unidade de pensamento, ou seja, faz algum tempo estou desenvolvendo o mesmo tema: a relação do homem com o trabalho que exerce e como esse trabalho molda ou influencia o seu caráter.

Geralmente penso muito antes de começar um livro, leio artigos, faço pesquisa. Gosto de obter informações que alimentam a minha imaginação e que agregam valores ao texto.

4)    O que acha da realização de eventos literários a fim de promoverem o incentivo à leitura?

APM – A literatura está na agenda cultural do país e isso é maravilhoso. É só o começo do estímulo a leitura, pois quanto mais se fala do assunto, mais ele se torna conhecido, comum. A literatura tem estado mais perto das pessoas, porém a formação de novos leitores parte principalmente da vontade individual, de cada um querer ler.

 

Festa do dia das crianças

Convite exposição